Oferta de Emprego

Função: abertura de concurso para admissão de Tutor Orientador Educativo para grupo de crianças dos 6 aos 10 anos (M/F)
Prazo de candidaturas: de 18/06/18 a 30/06/18.
Envio de candidatura com C.V. para o endereço eletrónico paulo.santos@enraizar.pt.

Perfil formativo / experiencial:
Ensino formal com crianças em idade 1º ciclo.
Ensino informal com crianças em idade 1º ciclo.
Perspetivas construtivistas, democráticas e de autonomia de aprendizagem.
Outros requisitos preferenciais:
– Carta de condução categoria B.
– Domínio oral e escrito de Língua Inglesa, e de preferência numa 2ª língua estrangeira.
– Gosto por atividades de ar livre / outdoor learning.

Condições oferecidas:
Contrato de trabalho: a termo certo, com possibilidade de conversão para sem termo;
Regime de contrato: tempo inteiro;
Regime horário: diurno;
Nº de horas diárias: 8;
Remuneração de acordo com a experiência e perfil do(a) candidato(a);
Data prevista para início de trabalho: 01/09/2018.

Funções do Tutor Orientador Educativo:
a. Liderar o acompanhamento e orientação do percurso educativo e os processos de aprendizagem das crianças em articulação com o Coordenador Pedagógico e Tutores Assistentes;
b. Regular a atualização do portefólio individual das crianças tutoradas, especialmente, dos respetivos registos de avaliação;
c. Articular com as famílias e com os demais Tutores as respostas a dar pelo Centro aos problemas e às necessidades específicas de aprendizagem das crianças tutoradas.
d. Coorientar o percurso educativo de cada criança e apoiar os seus processos de aprendizagem afastando-se da lógica instrutiva centrada em práticas tradicionais de ensino.

Perfil do Educador:
1) Cumpre com pontualidade as suas tarefas, não fazendo os outros esperar.
2) É assíduo e, se obrigado a faltar, procura alertar previamente a equipa para a sua ausência.
3) Contribui, ativa e construtivamente, para a resolução de conflitos e tomada de decisões.
4) Toma iniciativas adequadas às situações.
5) Apresenta propostas, busca consensos e critica construtivamente.
6) Harmoniza os interesses do Centro com os seus interesses individuais.
7) Age de forma autónoma tendo sempre em vista os valores do Centro: responsabilidade, honestidade, solidariedade, afetividade e respeito.
8) Assume as suas falhas, evitando imputar aos outros ou ao coletivo as suas próprias dificuldades.
9) Preocupa-se com a sua formação específica e busca continuamente novos conhecimentos.
10) Dá o exemplo de uma correta e ponderada utilização dos recursos disponíveis, primando pela limpeza e pela organização.

11) Concebe o indivíduo numa perspetiva holística, nos diferentes âmbitos, emocional, intelectual, biológico, social, cultural e natural.
12) Está atento às necessidades dos colegas e presta-lhes ajuda sempre que é necessário.
13) Pede ajuda aos colegas quando tem dúvidas sobre como agir.
14) Permite que os colegas o(a) ajudem quando precisa.
15) Manter com os colegas uma relação atenciosa, crítica e fraterna.
16) Fundamenta os seus pontos de vista, sem deixar de admitir perspetivas diferentes da sua.
17) Articula a sua ação com os demais colegas.
18) Ajuda as crianças a conhecer e a cumprir as regras do Centro.
19) É firme com as crianças, sem cair no autoritarismo, estabelecendo uma relação afetuosa.
20) Toma atitudes em sintonia com o coletivo.
21) Acompanha de perto e orienta o percurso educativo das crianças.
22) Mantém uma relação horizontal com as crianças, sem privilégios.
23) Desperta e instiga em cada criança o gosto e a busca pelo conhecimento.
24) Acolhe positivamente a criança, independentemente do que eles sejam, pensem ou façam, sem privilégios e com humildade.